Variante EG.5 da Covid-19 chega ao Brasil

O Ministério da Saúde informou na última quinta-feira (17) sobre a identificação da variante EG.5 da covid-19 em São Paulo. A paciente, uma senhora de 71 anos, já se recuperou da doença. Ela começou a mostrar sintomas como febre e tosse em 30 de julho, com exame realizado em 8 de agosto, confirmando sua infecção. Importante ressaltar: ela estava totalmente vacinada.

Constantemente atualizado com informações internacionais e nacionais, o Ministério está em contato direto com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Organização Mundial da Saúde (OMS), mantendo-se a par das mudanças no cenário global da covid-19.

A recomendação da vacinação com o principal arma contra a covid-19 é cada vez mais reforçada, e as doses adicionais são vitais para a prevenção. Mesmo com o fim do estado de emergência decretado pela OMS em maio, é essencial que grupos de alto risco sigam precauções, incluindo o uso de máscaras em ambientes fechados ou lotados e o isolamento de pacientes com o vírus SARS-CoV-2. Esta recomendação se estende também a pessoas apresentando sintomas de gripe.

Além das medidas preventivas, o Ministério enfatiza a disponibilidade do antiviral nirmatrelvir/ritonavir na rede SUS, de uso gratuito. Esta medicação é indicada para tratar a infecção pelo vírus assim que os primeiros sintomas surgem e após a confirmação por teste.