Morre o radialista Jota Menezes

Uma das figuras históricas do rádio de Vitória da Conquista, Jota Menezes morreu nesta sexta-feira (28), aos 92 anos, de causas naturais.

O comunicador esteve internado no Hospital Samur desde o início desta semana. Seu velório acontece na Casa Régis Pacheco, ao lado da Catedral de Nossa Senhora das Vitórias, no Centro. O horário do enterro ainda não foi divulgado.

José Amaral Menezes nasceu em 1931, na cidade de Jequié e logo aos 6 anos de idade, veio com sua família para a Capital do Sudoeste. Tempos depois, Jota trabalhou em serviços de auto-faltantes no Centro da cidade e participou da implantação da Rádio Clube de Conquista em 1952, sendo um dos seus primeiros comunicadores.

Com voz marcante, Jota Menezes esteve na Rádio Clube durante as décadas de 50, 60, 70, 80 e 90, a famosa época de ouro do rádio conquistense, onde apresentou programas de calouros, participou de coberturas esportivas, além de ser o responsável pelos boletins com os resultados eleitorais da cidade.

No final da manhã da última segunda-feira, o comunicador foi levado para a UTI do Hospital Samur, onde foi internado e veio á óbito.