Em evento com Zema, Bolsonaro apoia fala separatista

Em um evento realizado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu o título de cidadão mineiro, a fala do governador Romeu Zema (PL-MG), que comparou os estados do Nordeste a “vaquinhas que produzem pouco”, foi elogiada.

Em entrevista ao Estado de São Paulo, no início do mês, o chefe do Executivo de Minas Gerais defendeu a criação do bloco Cossud (Consórcio Sul-Sudeste) para buscar um protagonismo das regiões Sul e Sudeste e realizou a fala polêmica contra os Estados da região Nordeste.

Na última segunda-feira (28), o deputado estadual Coronel Sandro (PL) aproveitou o evento para elogiar a declaração de Zema favorável aos estados do Sul e do Sudeste:

“Aproveito para parabenizar neste momento o governador Romeu Zema pelas sábias palavras quando se ergueu na defesa do Sul e do Sudeste para que tenhamos posição, no mínimo, igualitária, quando formos discutir a distribuição de recursos públicos. Prova que é o melhor governador desse estado de todos os tempos”, afirmou o parlamentar.

Durante a solenidade, Bolsonaro e Zema não pouparam elogios um ao outro. O ex-presidente chegou a comparar as suas duas trajetórias políticas.

“Vocês estão vendo que o Zema está com uma cara de mais feliz, mais alegre. Não vou contar toda a história, mas os senhores sabem que, quando se pergunta a idade para um homem, ele responde que tem a idade da mulher que ama”, disse Bolsonaro.