Após suspender acordo de grãos, Rússia ataca portos da Ucrânia, dizem autoridades

A Rússia mirou portos da Ucrânia durante ataques promovidos na noite de segunda-feira (17) e madrugada desta terça-feira (18), segundo autoridades ucranianas. Os bombardeios aconteceram um dia após Moscou suspender o acordo que permitia que a Ucrânia exportasse grãos para países pobres.

A Força Aérea da Ucrânia informou que a Rússia usou drones e mísseis balísticos para atingir alvos nas regiões sul e leste do país. Não há informações sobre feridos.

Uma instalação do porto de Mykolaiv pegou fogo ainda na noite de segunda-feira (17). As autoridades informaram que o incêndio foi rapidamente controlado, sem deixar feridos.