Final de semana com chuvas em Conquista

Vitória da Conquista registrou, nesta sexta-feira (21), uma abrupta queda de temperatura, marcada pela presença de chuva constante que teve início na noite de quinta-feira (20). A frente fria começou na última quarta-feira (19), com ventos fortes e gelados, quando o município registrou a menor temperatura do ano, de 8,8ºC, medida pela estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Mas, apesar da mudança climática, a Coordenação Municipal de Defesa Civil (Compdec) informa que não há previsão de alerta meteorológico para este final de semana.

A garoa chegou após um logo período sem registros de precipitação. Os pluviômetros do Centro Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registraram entre 2 e 5 milímetros (mm) acumulados entre o fim da noite desta quinta-feira (20) e o início da tarde desta sexta-feira (21). Desde o dia 16 de maio, quando foram registrados cerca de 3 mm de chuva, não chovia na cidade.

Segundo a coordenadora da Defesa Civil, Rosângela Freitas, a Compdec segue monitorando com uma equipe trabalhando em regime de plantão, mas não há indício de alerta para população já que os volumes de água são poucos expressivos. “Em relação às atividades da Defesa Civil, a gente segue de maneira preventiva, acompanhando as mudanças climáticas. Todavia, estamos atentos aos alertas do governo, dos órgãos de prevenção e controle e à disposição da população para qualquer emergência”, esclareceu Rosângela.

Para o final de semana, a previsão do Inmet é de frio (com uma média de 15º de temperatura mínima) e chuva, que devem permanecer até a próxima segunda-feira (24), porém, sem rajadas de ventos.

La Niña

Climatologistas apontam que precipitações repentinas e de grande intensidade têm ocorrido devido ao encerramento do fenômeno climático La Niña e o começo do outro fenômeno, o El Niño, este ano. A Defesa Civil Municipal continua monitorando a situação dos bairros e se mantém em alerta para as chamadas da população pelo telefones 199; (77) 3421-1716/ 3422-7657, ou pelo WhatsApp (77) 98856-5070.

Fonte: PMVC